Se você exagerou na dose nas festas do fim de ano e não quer ver mais as guloseimas na sua frente, siga as dicas para deixar seu corpo em equilíbrio novamente.

Se você, porém, é como a maioria das pessoas e perdeu a “compostura”, está na hora de correr atrás do prejuízo – que, em alguns casos, chega a até 2 kg extras, dependendo da quantidade de peru, bacalhau, panetones, rabanada e outros doces que comeu. Trago aqui algumas dicas para desintoxicar o organismo; Fazer um ‘detox’ durante os dez dias seguintes ao Natal ajuda a melhorar o funcionamento do fígado. Para isso, é fundamental ter uma alimentação rica em magnésio, cobre, selênio, ferro e vitaminas do complexo B. Como fontes de magnésio, estão as castanhas e os vegetais de folhas escuras; de cobre, são os cereais integrais, as oleaginosas e sementes de abóbora e girassol – estas também contêm ferro e vitamina B. Além deles, há alternativas como beringela, nozes, açafrão-da-terra (cúrcuma) e ervas como sálvia, coentro, manjericão, alecrim e orégano. Outros alimentos ainda ajudam a reduzir a carga tóxica no corpo, como frutas (maçã, damasco e frutas vermelhas), couve, couve-flor, brócolis, alho, cebola, limão, mostarda, pimenta preta e vermelha, gengibre, cebola, chá verde e ginseng.

Manter uma boa dose de hidratação com água pura, é fundamental para ajudar da desintoxicação. O mais importante de tudo isso é fazer o acompanhamento com profissional habilitado para conduzir o seu planejamento alimentar.

Saúde em 2021.

Texto: Abner Paz (@abner_nutrionco) – Nutricionista Oncológico da Sensumed Oncologia.

Deixe uma resposta

× Agendamento de consulta